Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, Brazil

terça-feira, 17 de abril de 2007

*Maya:*
maia a alma
trucida as brochadas
metralha no estado de graça da maria imaculada
pense no país dos "sem-cú" onde todos cagam pelos poros com cheiro de
manjericão
cuidado em ter cuidado
desenvolva a massa do seu coração (aquele músculo que trabalha desde o utero
até o fim-começo sabe-la-do-que...já pensou nisso?)
desenvolva a massa do coração para atrair outras massas (é lei da física:uma massa maior atrai outra de menor peso, eu acho...
bom, assim voce puxa ou
é puxada pela órbita de quem vale a pena)
cultive o alcool que nos faz perder a razão
mantenha o sorriso no meio do lodaçal (saiba que o lírio nasce no meio dolodaçal)
no meio dos alegres vire o lodaçal (fode o mundo antes que ele te foda)
pise firme mesmo numa merda
não esqueça que o ancestral do tiranossauro rex é a galinha, ou seja: nem
sempre existe evolução
Dê uma voadora no pescoço do seu chefe
Deixa seu pai em paz
o tempo é rei
e eu também!
*dezessete de abril de dois mil e sete meio dia e cinco santo andré sala da coordenação do julio de grammont sol calor ternura e saco cheio*


Poesia gentilmente enviada em resposta a um email onde eu consegui nascer e morrer, dar vida e matar, amar e odiar com todos os meus poros todas as coisas e pessoas que merecem isto ou aquilo...

Amo-te, querido, de verdade!

Vida longa para Caio Zanuto, é egocêntrico e delirantemente lúcido!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home